Quando criança, eu costumava rezar todos os dias antes de dormir. Fazia o sinal da cruz e seguia com uma ave maria, um pai nosso e algumas repetições de santo anjo, esse último era como se fosse um mantra. Eu jamais encerrava a oração com outro sinal da cruz.

Na…


Parece que fora da internet a gente nem existe. Some. Pluft. Mas a gente existe sim. No contexto de brasileira em pandemia, parece que uns têm mais direito à existência que outros. Mas isso é conversa pra depois.

Não posso fazer nada sem internet. Hoje. Em quarentena. Mas um dia…


hoje faz um ano que a quarentena começou pra mim. um ano sem encostar em nenhum amigo, sem abraçar meu irmão. um ano sem nadar, sem entrar numa sala de aula. um ano com o grande enorme gigante privilégio de poder trabalhar de casa. não vou tentar dizer aqui o…


preciso estar bem primeiro. teve um dia em que essa frase surgiu para mim quase como um hino de liberdade, de autocuidado, um lembrete de que eu também importo e que é preciso cuidar de mim. esse dia faz muito tempo. …


O braço empurra a água para trás, jogando o corpo para frente, faz o círculo perfeito em torno do ombro e mergulha no mesmo instante em que o outro braço recomeça. Esquerdo, direito, esquerdo outra vez, mas, agora o queixo levanta junto ao ombro, o rosto vira para trás, participando…


um vazio na boca do estômago, uma risadinha solta, duas molinhas, uma embaixo de cada pé me fazendo saltitar.

saudades de quando eu usava ~ansiedade~ para me referir a esse sentimento.

um nó na boca do estômago, oitocentos e vinte sete pensamentos passando pela cabeça, as reações possíveis a cada…


Não sei ser amiga à distância

não tô dizendo que sou uma péssima amiga, nem dizendo que amizade só se dá com a presença física. tô dizendo que a saudade vem apertando a cada dia e depois de 124 já me sinto enforcada.

eu não sei se tô morrendo ou…


acostumadas com certezas falsas.
dois meses não são sessenta dias.
ontem foram sessenta dias,
amanhã serão dois meses
e agora tudo o que existe é o hoje.

me apego às pequenas doses controláveis, mas sei que nada o é. confirmo a cada dia. me conheço e aprendo a lidar com…


Passei a tarde costurando uma máscara de tecido.
Nunca antes foi tão importante sorrir com os olhos.
Boca escondida. Palavra guardada.

Desde meu aniversário, no dia 7 da quarentena, voltei a escrever diário. Mas escrever aqui me parece demais. Tudo já foi dito e nada também. Todos verborrágicos com as…


algo que abraça e aquece, sem queimar, aconchega, exige esforço, às vezes dói,
mas não é esse algo quem faz doer, é resistir com ele e tomar tapas na cara
algo que faz sorrir, gargalhar, ser forte, sentir amor

eu queria uma metáfora

eu queria descrever como isso tudo vai…

Laís Webber

Jornalista e Professora e tudo isso é só uma pequena parte.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store